11 3107-4505

Área de clientes


Esqueci minha senha

25 de Abril, Dia do Profissional da Contabilidade e as razões para comemorar

25/04/2018 Contábil
image

Já faz algum tempo que o profissional de Contabilidade não é mais o mero calculista das contas a pagar e a receber de uma empresa, transformando-se no analista das decisões que determinam o futuro de um empreendimento.

 

A automatização de processos fez com que o trabalho meramente burocrático ficasse para os computadores e o Contabilista passou a desenvolver o processo analítico, desenhando a economia fiscal, colaborando diretamente com a expansão dos negócios de uma companhia de forma geral.

 

LEIA MAIS: Assessoria Fiscal e Contábil

 

Essa evolução aconteceu é verdade, de maneira lenta, mas se expandiu vertiginosamente a partir dos avanços da tecnologia que permitiram a digitalização de dados, que ganhou força na década de 1970.

 

A Contabilidade evoluiu com a economia do País

 

Trata-se de uma longa história que começou ainda no Brasil colonial, quando em 1549, por decisão da coroa portuguesa foram criados os cargos de Contador Geral e Guarda-livros.

 

A primeira regulamentação da profissão contábil em terras brasileiras aconteceu também por decisão de um rei de Portugal, Dom José I, que estabeleceu em 1770, a necessidade de matrícula de todos os Guarda-livros na Junta do Comércio, em anotações específicas, ficando claro que a não inclusão do profissional no referido livro, o impediria de realizar legalmente escriturações, contas ou laudos.

 

A lei proibia que os escritórios das casas de negócios contratassem Guarda – livros sem matrícula e ainda exigia que na Contadoria Pública só fossem aceitos profissionais que tivessem cursado as aulas de comércio.

 

Outra regulamentação contábil importante aconteceu já com o Brasil independente.  Cem anos depois, ou seja, em 1870, se dá o reconhecimento oficial pelo Império, da Associação dos Guarda-livros da Corte, pelo Decreto nº 4. 475. Este decreto representou um marco, ao caracterizar o Guarda-livros como a primeira profissão liberal regulamentada do País.

 

A primeira escola de Contabilidade no Brasil surgiu no século 20, em São Paulo, sob a forma de Escola de Comércio. Ainda viva e atuante, a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, nascida em 1902, segue firme em seu propósito de formar profissionais para o setor.

 

Na sequência, em 1931, os Cursos de Contabilidade em nível superior foram regulamentados fazendo surgir a figura séria e responsável do profissional chamado “Perito Contador”.

 

Nascem as Entidades representativas da Classe

 

Outra importante conquista foi a instituição do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP, em 19 de junho de 1919, uma das primeiras instituições do gênero na história do País, o que propiciou o crescimento da estrutura sindical brasileira que seria regulamentada a partir da assinatura da Consolidação das Leis do Trabalho- CLT, em 1943.

 

Com o desenvolvimento da profissão surgiu a necessidade da criação do Sistema CFC/CRC, composto pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC e pelos 27 Conselhos Regionais de Contabilidade, a partir de 1946, definindo-se assim o perfil da Classe Contábil ao longo dos anos, enquanto que a atividade de Guarda – livros acabou extinta no Brasil a partir de 1958.

 

Evolução exige novo perfil do Profissional da Contabilidade

 

O crescimento da tecnologia, especialmente da informática e demais sistemas digitais associados à internet, propiciou à carreira do profissional Contabilista avanços extraordinários. Hoje, em pleno século 21, para o desempenho de suas funções, todo Contador precisa ter também conhecimentos em economia, administração, estatística, direito e tecnologia e, no mínimo, segunda língua.

 

LEIA MAIS: Serviços de Apoio à Empresa

 

Aquele que se forma em Ciências Contábeis atualmente acaba adquirindo conhecimentos que podem, com o tempo, ser aplicados em outras áreas, fazendo desses profissionais sérios candidatos aos cargos mais elevados dentro de uma empresa moderna e dinâmica.

 

Por esta significativa evolução, neste 25 de Abril de 2018, rendemos nossas homenagens a todos os Profissionais da Contabilidade brasileiros, técnicos e bacharéis, que têm muitas razões para comemorar, em especial por ser o esteio do desenvolvimento das empresas e do País.

 

Fonte: Portal Dedução

Veja mais notícias nessa categoria

image

Como as PME's podem evoluir em seus processos contábeis

Segundo um levantamento realizado em maio deste ano pela agência de classificação de risco Standard& Poor’s Global Ratings, o número de empresas que deixaram de pagar suas dívidas aumentou…

image

NF-e versão 4.0 será obrigatória a partir de 2 de julho; saiba o que muda

A partir de 2 de julho o Governo Federal deixará de aceitar notas fiscais eletrônicas antigasSe você vende produtos (bens e mercadorias), precisa se adaptar às alterações do documento.Apesar da…