11 3107-4505

Acesse a área restrita a clientes.

Prestadores de Serviços

Saiba o que fazer na hora de se tornar um franqueado

27/07/2017 Profissionais de TI
image

Quer começar um novo negócio? Conheça algumas dicas que vão ajudá-lo na hora de abrir uma franquia.


Antes de abrir uma franquia, faça uma análise do seu perfil profissional e do segmento de franquia no qual deseja atuar. Esse é um passo importante na hora de escolher sua franquia. Logo, é essencial que você conheça bem o produto e serviço oferecido e, principalmente, se a marca se adequa ao seu perfil (criar uma lista de habilidade é uma boa maneira de fazer essa análise).


Alguns outros procedimentos devem ser cumpridos à risca para manter o padrão da marca. Contudo, algumas franquias não desejam que você se torne apenas um executor de tarefas, e sim um verdadeiro empreendedor e parceiro.



Investimento e despesas


Faça uma análise sobre o quanto você dispõe para investir. Especialistas aconselham que você tenha três vezes o valor necessário para o custo inicial de abertura da franquia. Além da taxa de franquia, você terá que pagar mensalmente a taxa de royalties e, periodicamente, a de publicidade.



Escolha uma marca confiável


Verifique se a marca na qual você está interessado é de confiança. A melhor maneira para descobrir isso é conversar com outros franqueados da rede para conhecer suas opiniões e de seus consumidores. Assim, você terá uma boa visão da postura e do suporte que a franqueadora oferece.


Lembre-se que uma franquia envolve um grande investimento e é preciso se certificar de que a marca não te deixará na mão.



Tempo para recuperar os investimentos


O tempo de retorno do investimento varia de acordo com o tipo do negócio, mas o importante é entender como estão as suas reservas financeiras. Franquias com retornos muito longos (acima de 3 anos) podem se tornar um problema se você depender da entrada de dinheiro mensal para sobreviver.

O ideal é possuir reservas para se manter sem depender do negócio no decorrer de seis meses.



Suporte oferecido pela franqueadora


É comum em muitos casos a franqueadora coloca à disposição uma série de serviços para facilitar sua vida, como serviços de marketing (e gestão) e treinamentos.



Localização ideal


A escolha do ponto comercial é um fator decisivo e muito importante na abertura de uma franquia, pois determinará o sucesso ou o fracasso da sua unidade. Abrir seu negócio em um local que não agrada seu público alvo, obviamente, não é uma boa escolha.


A franqueadora poderá fornecer o suporte nessa escolha, mas é importante entender:


  • Qual o fluxo de pessoas que passam diariamente naquele local;

  • Qual o perfil do público que frequenta determinada localização.



Termos da COF


A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um documento que precisa ser analisado detalhadamente antes de você abrir uma franquia. Compare diversas COF’s das marcas que lhe interessam, verificando quais as condições mais vantajosas e se exigências condizem com seu perfil. Na COF você encontrará informações de histórico da franquia, direitos e deveres da rede e dos franqueados, balanços financeiros e valores de investimentos e royalties.



Converse com um especialista


Durante a análise do modelo de negócio que está sendo franqueado (leitura da COF, minuta do contrato e análise dos dados financeiros), é importante ter a orientação de profissionais que possam ajudá-lo. A compra de uma franquia muitas vezes representa anos de economia e não deve ser desperdiçada por um erro de avaliação.



Processos e burocracias


A Lei de Franquias Nº 8955/94 dispõe sobre o contrato de franquia empresarial e dá outras providências sobre o tema. Você pode encontrá-la clicando aqui.


Por último, lembre-se: jamais feche um negócio antes de avaliar cuidadosamente toda a minuta do contrato da franquia.


Na hora de abrir sua franquia lembre-se que a ProLink existe para simplificar os processos e cuidar da parte burocrática. Solicite um orçamento gratuito!

Veja mais notícias nessa categoria

image

Será que vale a pena optar pela Desoneração da Folha de Pagamento?

Concebida pela Receita Federal em 2011, a desoneração da Folha de Pagamento é uma mudança na forma como o governo tributa as empresas dos setores da indústria, tecnologia da informação, construção…

image

Desafios tributários das empresas de TI

Como é de conhecimento de todos, a carga tributária no Brasil ultrapassa os 35% do PIB e isso quer dizer que de tudo o que é produzido mais de um terço diz respeito a impostos. ISS, IRPF, IOF, IPTU,…